quinta-feira, 18 de junho de 2009

O presente



Uma maravilha de filme! Um achado!
Em mais uma de minhas garimpadas afim de “achar” um filme interessante, me deparei com O" Presente", embora não seja um lançamento é um filme perfeito.
Para minha surpresa o filme foi “O Presente” para mim.
Penso que encontrar um filme com princípios é como garimpar ouro.
Tem que ser paciente e correr o risco de levar para casa a famosa pirita (ouro de tolo).
Confesso que chorei o filme todo, bom mas isso eu sempre faço mesmo.
Com música muito agradável, uma trama envolvente e capaz de te prender até o fim, este drama magnífico do diretor Michael Sajbel vai te emocionar e te ensinar, com as lições de vida e a história comovente da garotinha Emily (Abigail Breslin).

É possível ser uma pessoa bilionária e viver uma vida em que seu próximo estará em primeiro lugar?

Essa historia é um exemplo de que isto é possível.
Ela nos mostra o valor das pessoas acima dos valores materiais,
Que a fé e o amor ao próximo são importantes para uma existência digna;
Que devemos ter um objetivo de vida;
Que nem todos são seus amigos de verdade e que a amizade surge de onde menos se espera.
Que dar sentido aos nossos sonhos, às vezes, basta para sermos felizes.

Sinopse:
Jason Stevens (Drew Fuller) tinha um relacionamento muito simples com seu milionário avô, Howard "Red" Stevens (James Garner). Ele o odiava. Sem conversas francas, sem momentos de carinho, apenas o dinheiro ligava os dois. Então Jason imaginava que quando seu avô faleceu tudo que lhe sobraria seria outra simples transação de dinheiro, que a fortuna de seu avô lhe permitiria continuar a ter o estilo de vida que ele acostumou-se a ter. Mas ele acaba descobrindo que, como parte de sua herança, seu avô lhe deixou doze tarefas, as quais ele chama de "presentes", cada uma desafiando Jason de uma maneira improvável. Cumprindo as tarefas ele irá aprender a repensar sua vida e compreender qual é a relação entre riqueza e felicidade.


Quem tiver uma oportunidade, e ainda não tiver assistido vale muito apena viu.


6 comentários:

Stephanie disse...

Ja vi esse filme.
Realmente vale a pena. A menina é uma gracinha, me identifiquei HORRORES com as falas dela! ahsudahsudhashdahshda

Vinicius Gabriel disse...

Huuum, legal !
Vou ver se assisto.
Já que p último filme que chorei foi 'Marley e Eu', to afim de ver um filme mais leve rs.
E os últimos que tenho assistido não esta me satisfazendo, tipo " O Exterminador do Futuro - A Salvação " hehehe.

Obrigado por comentar em meu blog viu.
Beijoos, Vinicius.

Felipe Braga disse...

Nunca vi, mas anotei a sugestão. rs

Gilbamar disse...

Sua ótima resenha despertou-me o desejo de assistir a esse filme.

Abraços poéticos do amigo Gilbamar.

CelyLua - O blog das Letras disse...

Querida Princesinha Cris Rubi

Saudade...
Visitar seu belo blog é sempre encanto aos olhos da minha mente.
Sua postagem estar fantástica...
Adoro visitar teu blog e acolher estas ótimas indicações.
Eu vou assistir sim!!!
E, com certeza vou adorar!!!
Parabéns!!!
Querida amiga, tem prêmio pra você no meu blog “CelyLua Sorrisos”.
É o primeiro prêmio que meu novo blog “CelyLua Sorrisos” Recebe.
Portanto, é uma satisfação pra mim, estar repassando também pra você amiga.
Deus te abençoe.
Beijos de poesias.
“Feliz São João!”.
Com apreço,
CelyLua, Amiga e fã do seu brilhante blog.

Muito obrigada!

Sonia Schmorantz disse...

Anotada a sugestão, obrigado!
beijos e lindo final de semana