sexta-feira, 19 de novembro de 2010


Me sinto um tanto confusa e perdida dentro de mim.
Como se eu fosse um imenso território vazio...
Bate aquela tristeza, aquela saudade...
Lembro da felicidade como se fosse em vidas passadas, em algum lugar e tempo bem distante.
Tem dias que me desconheço totalmente, a cada dia pareço uma pessoa diferente.
Fico confusa em meio a tantos conflitos.
Por causa desses meus humores distintos acabo me perdendo de mim a cada fim do dia...
Então rasga-se o véu e me encontro assim: tão eu!
A mesma tristeza, a mesma solidão, a mesma saudade e lembranças sem fim...
Vivo presa em meu interior, nesse imenso território vazio, onde não há mais espaço pra mim...

7 comentários:

Átila Siqueira. disse...

Lindo o seu texto.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

VELOSO disse...

Seus escritos são de muita sensibilidade!

...Evellyn... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
...Evellyn... disse...

Sinto-me também ás vezes assim...
E então lembro-me de uma música:
"Os dias que eu me vejo só, são dias que eu me encontro mais... E mesmo assim, eu sei também que existe alguém pra me libertar..."
E sei que existe para ti também...

Um abraço.

Jovem escritora disse...

como vc coloca uma borboleta?

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Bonito,sentido...

Tenha cereteza de que muitos dias virão em que se sentirá como verdadeiramente é:brilhante!!!

Um beijo!

Sonia Regina.

*-* Thaís Cavalcante *-* disse...

Flor desculpa pela demora! =/ Tive alguns problemas nos últimos dias, estou sem poder pstar ftos, e vídeos de tutoriais, fui assaltada recentemente, e tive maiorr prejuízo! =(
Sim, mais vi lá seu post falando q qr participar do meu sorteio, vc já fez sua divulgação? Se sim, me mande sóo link dele tá? Estou aqui separando pq será segunda dia 29/11 a noite a sorteio! Bjocas