segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Não sei definir o amor


Não gosto da expressão ‘fazer amor’, o amor não se faz, sente-se!
E a verdade é que se vai sentindo cada vez menos…
se é que se sente, cada vez se crê menos no amor.

Houve um tempo, em que julguei que um dia olharia para um homem e saberia no mesmo instante ‘é aquele’ e todas as palavras do mundo seriam desnecessárias,
pois a simples troca de olhares formaria uma linguagem universal entre dois bons amantes… ainda acredito.

Aliás, costumo pensar no que será de fato o amor, há inúmeras definições,
há belíssimos poemas, há maravilhosas melodias,
mas terá alguém alguma vez percebido que o que sentia era mesmo amor?

Se é amor a sério, enfrenta tudo?
Se é amor incondicional, perdoa tudo?
Se é amor puro, dura para sempre?

Quero acreditar que sim, não quero ouvir mais que afinal já não há amores verdadeiros,
que as relações são como fast-food, que o sexo prevalece aos sentimentos,
deixem-me continuar na minha ingenuidade.

O amor nem tem nada a ver com sexo,
o amor sente-se na alma, o bom sexo vive-se na carne.
O sexo é prazer, intenso, luxúria, desejo, carne, fogo…
E o amor, que palavra minúscula para tamanho sentimento, que significado reduto para tanta felicidade, que letras vãs para inigualável estado de alma.

O amor torna-se a cada a dia mais raro, sexo se tem a qualquer hora, tem-se prazer em qualquer canto, mas há vidas que passam sem um único segundo de amor, que tristeza,
tenho medo...

Não sei definir o amor, provavelmente nunca o senti…
mas se o senti, se aquilo era o amor, então foi de fato bom, tão completo e único que não arrisco a explicá-lo e dessa forma reduzi-lo.

Todas as definições de amor que li, achei sempre incompletas, todas as imagens que vi,
sempre me pareceram ocas, mas os atos de amor, aqueles pequenos gestos imperceptíveis aos olhos alheios, aqueles sorrisos perdidos no meio da multidão, aquela vida partilhada sem nada a partilhar, isso deve ser amor.

Não acredito mais que exista almas gemeas,
os gemeos nem sempre se dão bem e as almas de seres que se amam, provavelmente complementam-se no meio das suas diferenças.

Se calhar o amor nem existe, por isso é que há tantas definições para um mesmo sentimento,
Talvez todos buscamos com tanta intensidade algo tão profundo e na realidade o que há é só a vontade imensa de nos darmos a quem nos quer bem…
e fazer o bem a quem nem sempre nos conhece…

26 comentários:

Joyce disse...

Tbm nunca gostei dessa expressao "fazer amor" !

e fazer o bem a quem nem sempre nos conhece…

gostei do post. bjos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Penso que o amor de verdade não precisa sequer de presença física:ama-se a pessoas que,muitas vezes,não sabem que existimos...

Ama-se a pessoas que estão nas nossas lembranças,nos nossos sonhos...

Amor é sentimento da alma,dispensa corpos...

Beijos!Sonia Regina.

Pelos caminhos da vida. disse...

O amor é a união de duas almas.

beijooo.

Olavo disse...

Eu acredito na palavra e gosto muito dela "fazer amor"..acho que como uma diferença de transar por transar..
mas..sempre tem um mas rs
O amor já foi generalizado.
beijos

Ricky Bar disse...

Como sou fã, não consigo deixar de te ler...
aqui vai um texto de bom dia!

"Não se esconda!
Se abra mais pra mim

Se mostre, me explore,
Me tenha...
Mas não me detenha.

Permita meus olhares em você
Deixe que seu corpo se entregue a eles

Façamos desse encontro uma aventura
Única e interminável viagem virtual

Sejamos loucos...
Conscientemente inconseqüentes!

Vamos tocar, provocar,
Explorar os sentidos, tatear
Descobrir os recôncavos
E preenchê-los com as mais loucas fantasias
Até encontrar o momento perfeito

E finalmente, nessa troca louca
Saciar a sua, a minha a nossa sede
Nas densas águas do nosso prazer!"

Sad Tear disse...

o amor existe... temos de acreditar nisso... eu acredito... :)


bj*

.: Phoenix :. disse...

Por pior que os "amores" ou as "paixões" que já vivenciei tenham sido dolorosas.. continuo acreditando no amor, na alma gêmea, naquele que um dia vai me completar.
Também quero continuar com essa minha igenuidade.
Beijão

Xana disse...

Será que há definição completa para amor'
É algo tão amplo que acho que não tem definição possivel :)

beijinho


*PS: por acaso sabes o que se passou com o nosso amigo sphinx das Crónicas da esfinge??

I like females disse...

Cris, quando nos decepcionamos com o amor passamos pela fase que "Amor não existe", mas logo nosso coração é preenchido com esse sentimentos e voltamos a ser ingenuos, como vc mesma disse.
Beijos lindissima

Cruela disse...

Linda Cris, devemos ser sempre ingenuos, ou a vida acaba.
bju

Viviane disse...

Gosto muito do que escreve.
sou sua fã!
bjo

Branca disse...

O amor existe sim, não podemos desacreditar um sentimento tão lindo, tão sublime...

Acho bonito falar "fazer amor", essa expressão exprime bem mais do que apenas sexo por sexo, envolve todo um sentimentalismo.

Ótima semana pra vc Cris,
bjos!

Sonia Schmorantz disse...

Talvez seja isso mesmo, o amor tem infinitas definições, porque cada qual projeta nele seu modo de felicidade...
beijos e boa semana

Cris Rubi disse...

Joyce, essa expressão só deveria ser usada quando relamente há amor,
e quando há amor? tenho duvidas..
beijinhus querida

Cris Rubi disse...

É verdade soninha, amor é sentimento de alma e despensa corpos, pena que nem todo mundo pensa assim.
beijinhus

Cris Rubi disse...

Ana, pois é, mas é quem nem respondi pra soninha, nem todos pensam assim, muitos acham que é encontro de corpos.
beijinhus amiga

Cris Rubi disse...

Olavo, infelismente é q nem vc disse,o amor já foi generalizado...

Cris Rubi disse...

Rick, obrigada por seu carinho.
Também sou sua fã
beijinhus carinhosos

Cris Rubi disse...

Sad tear, eu também ainda tenho essa ingenuidade

Cris Rubi disse...

Amiga Bah, acho q todos nós já passamos tais dores,e elas nos levam a desacreditar um pouco no amor, é inevitavel, mas devemos sempre estar dispostos a amar novamente...

beijinhus
Amo-te

Cris Rubi disse...

Maizinha, realmente o amor naum tem definição.
E quanto ao sphinx,tomou chá de sumiço, desapareceu derepente logo depois do post que tinha encontrado um grande amor, talvez essa seja a resposta pro sumiço dele, está em love.
beijinhus

Cris Rubi disse...

I like, olá, tava sumida hein
Volte sempre
beijinhus

Cris Rubi disse...

Cruela, concordo com vc, o problemaé que muitas pessoas já desistiram de viver
beijinhus

Cris Rubi disse...

Viviane, obrigada, me sinto honrada e feliz.
volte sempre ao meu cantinho
tenha uma otima semana
beijinhus

Cris Rubi disse...

Branca, pode ser, mas meu coração está tão ferido q rejeita essa expressão, porque acreditei tanto nisso, e tudo não passou de uma mentira, mas felizmente tenho direito a uma nova oportunidade assim como todos nós.
Obrigada
beijinhus

Cris Rubi disse...

Sonia, obrigada.
tenha um a otima semana também
beijinhus carinhosos