quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Acreditar chorando


Por mais que a trajetória normal da vida teime em me mostrar caminhos mais longos e desafios cada vez mais difíceis de transpor, não consigo deixar para trás essa vontade de que tudo dê certo.
Muitas vezes consigo enxergar somente uma pontinha de esperança e é justamente a ela que me agarro.
Pode ser que no final o meu plano nem funcione, mas mesmo assim vou permanecer tentando.
A minha esperança teima em não morrer nunca.
Uma pontinha de sorriso chega a parecer a maior gargalhada que alguém pode dar.
Talvez por ser o princípio de tudo.
O estopim que poderá deflagrar toda uma explosão de acontecimentos.
Gosto de acreditar no amanhã.
Aprendo com o hoje e nem sempre as lições são aprendidas de forma fácil.
Ás vezes é bem duro fazer com que uma determinada idéia seja aceita e mesmo que não concorde, continuo fazendo verdadeiros malabarismos para manter a consciência aberta a experimentar novas perspectivas.
Nem sempre funcionou assim, mas após tantas quedas e recomeços me deixo levar pela correnteza dos acontecimentos.
Pareço até uma criança correndo atrás de um balão que o vento insiste em jogar para longe.
Ás vezes o perco de vista, mas ele sempre retorna para me fazer acelerar novamente os meus passos.
Não se pode dar uma prova de existência do que é mais verdadeiro, o jeito é acreditar.
Acreditar chorando...

15 comentários:

Keli Grazieli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris Rubi disse...

Keli, obrigada
Gosto muito de saber que vc gosta de voltar aqui.
Volte sempre.
Bjinhus carinhosos

Nade disse...

Olá, querida!
Tem um MEME pra você lá no meu cantinho...
Uma excelente quinta-feira!
Bjs

Sonia Schmorantz disse...

Clarice Lispector também dizia assim:
"Não se pode dar uma prova de existência do que é mais verdadeiro, o jeito é acreditar. Acreditar chorando."
Lindo o que você escreveu.
beijos

PROFESSOR CARLÃO disse...

Que esta explosão de acontecimentos traga uma nova "ordem" aos seus sentimentos. Minha doce menina, estava com saudades.... Quando puder dá uma passada lá no Blog. Tem um meme para você.Está na postagem "Blogs que ajudam a blogar" Coloquei também o seu link lá para divulgar seu Blog. Beijos doces!

Xana disse...

Temos de acreditar menina,senão a vida não faz sentido.

Mil beijos da tua mamã de coração.

S.Tear disse...

Gostei bastante do texto. Temos de acreditar sempre, não perder a esperança. Caso contrario a vida deixa de ter significado.

bj*

Brisa em ti disse...

Sopro-te um BLOG de OURO!
bj

Bia disse...

A su esperança, como bem disses, teima em não morrer...que bom...que a tenhamos viva, sempre!
gostei do post.
Grande abraço daqui, Cris!

Cris Rubi disse...

Sonia, sim ess frase é dela, me toca muito.
beijos

Cris Rubi disse...

Professor carlão, adorei o "minha doce menina", e fiquei muito feliz por ter se lembrado de mim.
Beijinhus carinhosos pra ti

Cris Rubi disse...

OI manzinha, que bom ver vc por aqui.
eu acredito, afinal de contas a esperança é a última que morre.
bjinhus

Cris Rubi disse...

S.tear, acreditar sempre...
bjinhus moçah

Cris Rubi disse...

"Brisa em ti" Obrigada
bjinhus e volte sempre

Cris Rubi disse...

Oi amiga Bia, estava sumida hein.
que bom que apareceu.
Bjinhus