domingo, 11 de janeiro de 2009

Amor é fogo....


Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence o vencedor,
É ter com quem nos mata, lealdade.
(....)

Luís de Camões

14 comentários:

FRAN "O Samurai" disse...

Oi Cris!

Eu prefiro sempre me queimar nesse fogo do que congelar na solidão.

Beijos.

Vii disse...

Cris, assim é o amor verdadeiro, nada pede em troca, mesmo sofrendo, esta sempre ali.Lindo!!
Seu blog está maravilhoso, parabéns.
boa noite. bjokas

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Belíssimo poema!
Que você tenha uma ótima semana.
Abraços

Cris Rubi disse...

Oi Fran, eu também adoro me queimar, daqui uns dias vamos virar carvão rsrsr
beijinhus querido samurai!
volte sempre

Cris Rubi disse...

Eh Paulo, "assim é o amor verdadeiro".
Obrigada
bom dia agora rsrs
bjaooooooo

Cris Rubi disse...

"Uma pagina para dois" Obrigada amigo
Que vc tenha uma otima semana tbm. grande beijo

Xana disse...

Há queimaduras que deixam marcas muito grandes, mas se não experimentarmos o amor somos uns tristes !!

Boa semana filhotinha ^^

Valter Montani disse...

O amor é muito mais
do que se pode escrever
e também é muito maior
do que pode-se viver.

bjs e boa semana.

Cris Rubi disse...

Oi maizinha, ta sumida hein.
Otima sema apra ti
grande beijo

Cris Rubi disse...

Valter, obrigada, volte sempre
Otima semana pra ti tbm
grande beijo

Peregrina disse...

Adoro esse poema. mesmo mesmo ! :)

Adélia disse...

o amor ontem, hoje e amanha ;)

bjs

Leonardo Stravalli disse...

clássico!

John Doe disse...

E só renato podia cantar algo assim sem soar estranho e distante... viva camões, viva renato russo....