domingo, 25 de janeiro de 2009

Só quero você


Como queria estar ao seu lado, acordar você com um beijo.
E no banho, tocar seu corpo como se eu fosse um sabonete, e como a aguá deslizar por sua pele...
Como queria tocar seus cabelos, segurar sua mão, sentir as batidas do seu coração.
E não teria palavras pra dizer o quanto te desejo, porque demonstraria tudo com um ardente beijo.
Me pergunto onde está você e a resposta é: em minha mente a cada minuto,
a todo instante meu corpo te quer hoje bem mais que ontem,
E sei q amanhã bem mais que hoje.
A vontade de vc não passa, e em um sorriso sem graça demonstro o q não quero.
Porque só vc quero.
O que posso fazer pra te prender em meu coração e dali nunca mais sair?!
Que solidão,
Que desejo ardente,
Que vontade de te ter.
Agora com meu corpo trêmulo;
uma lágrima tema em rolar,
e esse desejo não passa, só penso em te amar.
Quero matar esse desejo, antes que ele me mate...

9 comentários:

S.Tear disse...

:) um texto cheio de sentimento... muito bonito...a saudade é um sentimento muito forte....


bj*

Nade disse...

Oi, amada!
Tem um selo no meu blog pra você...
Tem tudo a ver com seu espaço...
Bjs

Luis Bento disse...

Poema tão intenso como o desejo...

Carlos disse...

Lindo!!
Parabens
bju.

Sonia Schmorantz disse...

Para refletir:
Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...
Não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo
de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.
(William Shakespeare)

Faça dessa nova semana um novo início rumo à
felicidade.
abraços

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Chega o vento assobiando
fazendo riscos imaginários
como ondas no céu soprando sobre folhas ,
flores, vidas chega a brisa manhã
canta suaves carinhos
envolve numa doce,
fresca brincadeira
lembranças num rastro
manso luz vento , brisa,
vida tocam rios janelas
todas as casas calçadas
soprando sorrisos
lembrando todos os caminhos
colorindo como se fosse carrossel
verdadeiros roda moinhos
deixando correr a vida
como fosse melodia...
(Maria Thereza Neves)

Tenha uma linda semana
Abraços

CelyLua - O blog das Letras disse...

Olá querida Cris Rubi,
Texto maravilhoso...Adorei, tua inspiração é fascinante! Parabéns e aplausos!
Deus te abençoe Princesinha!
Beijo poético, rsrsrs.
Com carinho,

CelyLua.

Peregrina disse...

Como eu te entendo...
Um beijinho*

Ernani Netto disse...

A lágrima rolou ao ler tão belas linhas...

A saudade apertou ao ler a tua poesia...

Bjaum