sábado, 27 de dezembro de 2008

Eu e você


Eu e você frente a frente,
É o medo e o desejo;
É desconfiança e a esperança;
É o grito e o silencio;
É o gelo derretendo a mão no fogo...
Eu e você frente a frente
É ter sempre q me confrontar;
Encarar meus erros e as minhas razões...
As minhas verdades e as minhas ilusões;
Meu poder e a minha impotência;
A minha liberdade e os meus limites...
Quando eu to na sua frente,
Eu sinto toda a minha dor,
Mas só na sua frente eu posso sentir todo o meu amor

9 comentários:

Ariane disse...

Achei a mensagem muito singela e verdadeira! Somente em relação ao outro, com suas diferenças, nos constituímos como nós mesmos. Abraço!

Cris Rubi disse...

Obrigada miga!!
bjus carinhosos

R.Vinicius disse...

E todo um amor é capaz de grandes feitos, poemas, canções, histórias. Belo poema Cris. Você escreve muitissimo bem.

Ótimo final de semana, abraço,

R.Vinicius

cris disse...

Obrigada Vinicius,a dor me inspira.
Otimo final de semana pra ti tbm
bjaoooo

Miguel Barroso disse...

Dentro do amor cabem palavras e sabores perfumadamente tácteis. Oiçamo-las...

A Teoria do Kaos disse...

Olá Cris Rubi,

Vim dar-te um beijinho!

Boas festas!

Cris Rubi disse...

Obrigada Sergio
beijinho carinhosos pra vc tbm
E boas festas

CelyLua - O blog das Letras disse...

Adorei conhecer teu belíssimo blog. Parabéns e aplauso! Tuas palavras são inspiradoras... certamente todas vindas do teu sublime coração.
Texto magnífico!
Desejo pra você e seus familiares “FELIZ ANO NOVO!” Repletos de saúde, paz ,amor, sabedorias, entendimentos e mais fantásticas inspirações.
Carinhosamente,
Cely Cavalcanti.

Beijos poéticos,rs,rs.

Cris Rubi disse...

Obrigada Cely, faço parte do seu cantinho agora tbm
espero que nos encontremos muitas outras vezes por aqui!
bjinhus carinhosos