sábado, 20 de dezembro de 2008

Você me jogou no lixo


Sabe que impressão eu tenho?
Que você pegou todas os nossos dias juntos
e amassou como se fossem bilhetinhos em guardanapos.

Parece que você simplesmente virou as costas e foi embora, me tratando como lixo.
Jogou fora todo nosso amor, sem dó.
Colocou tudo num saco preto e deixou o caminhão de lixo levar.
Todos os nossos dias, todos os nossos almoços, todos os nossos cochilos, todas as nossas pizzas, todos os nossos filmes, todas as nossas músicas, todas as nossas coisas.

Isso é falta de consideração, sabia?
Pegar as nossas coisas e jogar fora, sem ao menos perguntar se eu estou de acordo.
NÃO. Eu não estava de acordo.
Não estou de acordo e não quero conviver com o fato de que todos esses dias foram em vão.
Todos esses dias que eu acordei por você e vivi por você foram em vão?
Isso é injusto.
Você jogou fora o "nosso número" do celular,
que sempre significou tanto pra mim.
Você ficou com outra sem ao menos se lembra que eu existia.
E fala que tudo que fez foi para que te odiasse.
Você mentiu tanto, que agora tenho dúvidas se as outras coisas
que me falou eram verdadeiras.
Sabe qual o nome disso? Covardia.

Ou você pensa que eu estava preparada para acordar no dia seguinte e não te ligar, não te ver? Ou você pensa que da última vez que te vi aproveitei tudo como se fosse a última?
Ou você pensa que eu sabia que aquele selinho torto de bom dia que eu te dei foi o último?

Que raiva.
Não tenho raiva do que foi ruim, mas tenho raiva do que foi bom.
Porque são as coisas boas que não me deixam dormir de saudade.
Se você não me tratasse tão bem, se não usasse um perfume tão bom,
se não passasse dias tão especiais ao meu lado, se não me amasse tanto...
Ah, se não me amasse tanto, eu não sofreria desse jeito...

Desse jeito, com a impressão de ter sido tratada como lixo...

2 comentários:

CADU disse...

Eu sei o que é isso, estou passando pela mesma situação! Por que as pessoas fazem isto? Cada vez que o celular não é atendido choro muito, cadê todo aquele amor, sentimento, amizade, etc ?
É... não sei bem por quê, mas, se existem pessoas que atropelam nossos sentimentos.

Sabrina disse...

Faço minhas as palavras do Cadu.